Aplicando a Oração da Serenidade à Sua Vida Diária

o Oração da serenidade é uma das orações mais conhecidas e memorizadas de todo o Cristianismo. Foi escrito por um teólogo americano chamado Reinhold Niebuhr (1892-1971).

Embora Niebuhr tenha usado várias versões diferentes da oração em seus sermões ao longo dos anos, a versão mais comum da Oração da Serenidade é a versão abreviada:



Deus, conceda-me serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar,
Coragem para mudar as coisas que posso,
E sabedoria para saber a diferença.



Reinhold Niebuhr

A oração acabou se tornando tão famosa e altamente considerada que o grupo de recuperação, Alcoólicos Anônimos, a adotou como seu mantra para seu programa de 12 passos.

A oração se espalhou amplamente dentro de grupos religiosos ao longo das décadas de 1930 e 40, sem atribuição ao autor, mas Niebuhr não a publicou até 1951 em um artigo de revista.



Oração da Serenidade (versão completa)

Deus me conceda a serenidade
Para aceitar as coisas que não posso mudar;
Coragem para mudar o que posso;
E sabedoria para saber a diferença.

Viver um dia de cada vez;
Desfrutando um momento de cada vez;
Aceitando as dificuldades como o caminho para a paz;
Tomando, como Ele fez, este mundo pecaminoso
Como é, não como eu gostaria;
Confiando que Ele fará todas as coisas certas
Se eu me render à Sua Vontade;
Para que eu possa ser razoavelmente feliz nesta vida
E extremamente feliz com ele
Para sempre e sempre no próximo.
Um homem.

3 aplicações diárias da oração da serenidade

A aplicação prática da Oração da Serenidade requer que adotemos três atributos: aceitação , coragem , e sabedoria . Cada uma dessas facetas apresenta desafios.



1. Deus me conceda serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar.

A primeira linha da Oração da Serenidade pede a Deus a tranquilidade emocional necessária para lidar com situações fora de nosso controle. Sem essa paz interior, as provações da vida podem nos levar a agir fora do caráter ou até mesmo a pecar.

verso da bíblia sobre depressão

É extremamente importante perceber que existem situações que vamos encontrar na vida que não podemos resolver por conta própria. É nestes tempos que devemos nos humilhar e pedir a ajuda e orientação de Deus.

Freqüentemente ouvimos cristãos dizerem brincando, Jesus assume o volante! Mas às vezes é exatamente o que precisamos que ele faça. Permitir que Deus seja o condutor de nossa situação nos coloca em submissão à Sua vontade. Essa submissão é o único lugar de paz espiritual em situações que não podemos controlar.

As escrituras nos prometem paz quando levamos nossos fardos ao Senhor e os deixamos lá:

E a paz de Deus, que transcende todo entendimento, guardará seus corações e suas mentes em Cristo Jesus

- Filipenses 4: 7

Fique quieto e saiba que eu sou Deus!

- Salmos 46:10

2. a coragem de mudar as coisas que posso,

Visto que sabemos que Deus não nos deu um espírito de medo, é importante não agirmos com medo quando enfrentarmos situações sob nosso controle. Devemos reconhecer que o espírito de medo pode aparecer como a evitação de tarefas desafiadoras e fraqueza em tempos difíceis.

Felizmente, nossa fé em Deus nos dá Santa Ousadia, sabendo que Deus pode nos ver através de qualquer coisa que a vida jogue em nós. As escrituras nos dão orientação aqui:

Seja forte e corajoso. Não tenha medo nem se apavore por causa deles, porque o SENHOR, o seu Deus, vai com você; ele nunca deixará você e nem o abandonará.

- Deuteronômio 31: 6

Pois o Espírito que Deus nos deu não nos torna tímidos, mas nos dá força, amor e autodisciplina.

- 2 Timóteo 1: 7

Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apóie no seu próprio entendimento; em todos os seus caminhos, submeta-se a ele, e ele endireitará os seus caminhos.

- Provérbios 3: 5-6

3. e, a sabedoria de saber a diferença.

A sabedoria só é adquirida por meio da experiência. Aprendemos com nossas próprias circunstâncias ou testemunhando as circunstâncias de outras pessoas.

letras santo santo santo

Felizmente, a palavra de Deus diz que Ele nos dará sabedoria se pedirmos, mas devemos andar na fé sabendo que o que pedimos a Deus pode ser dado a nós na forma de provações e tribulações experimentadas.

Inteligência espiritual é saber que Deus sempre nos ajudará nos momentos difíceis. Mas a sabedoria espiritual é entender que o tempo de Deus não é necessariamente o nosso e nossa libertação pode não vir quando queremos:

Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça a Deus, que dá generosamente a todos sem culpar, e ela será dada a vocês.

- Tiago 1: 5

e como, desde a infância, você conhece as Sagradas Escrituras, que podem torná-lo sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus. Toda a Escritura é inspirada por Deus e é útil para ensinar, repreender, corrigir e treinar na justiça, de modo que o servo de Deus possa estar totalmente equipado para toda boa obra.

- 2 Timóteo 3: 15-17

Artigos Interessantes